Festa e fé

Círio de Nazaré veio para o Intercom 2019 em painel temático e visita da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré

A pesquisa científica lado a lado com fé em Nossa Senhora de Nazaré foi tema do Painel Comunicação e Religião na Festa do Círio de Nazaré, que ocorreu nessa última quarta-feira, 5 de setembro, no auditório da SEGE, na Reitoria da Universidade Federal do Pará (UFPA), como parte do 42° Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2019) e integrado ao GP de Comunicação e Religião. O painel teve participações das professoras Renata Cardias (Fatec-SP), Suzana Cunha Lopes (UFPA) e Joana Terezinha Puntel (Sepac/Paulinhas).

Com apresentação por webconferência da professora Renata Cardias, o pontapé foi dado com o tema “Festas Religiosas enquanto Processos Comunicacionais”. Segundo ela, as festas religiosas servem para honrar os Deuses e nos colocar como submissos a algo maior que nós. Um dos aspectos importantes em sua palestra, foi a expressão “hibridismo Religioso”, que gera, segundo ela, a ressignificação de algumas formas religiosas tradicionais, como o próprio catolicismo. As festas, de acordo com professora, “articulam entes convergentes do meio social, gerando assim, um fluxo de comunicação interpessoal”.

Já a professora Suzana Lopes ministrou sua palestra com o tema: “Cenas Comunicativas do Círio de Nazaré”, parte de sua tese de doutorado. Segundo ela, cenas comunicativas seriam situações de interação em que, a partir dessas, conseguimos identificar os vários elementos que compõe o processo comunicativo, sejam as festas, as orações e as demais interações sociais. A professora colocou como exemplo a situação vivida por duas famílias, que se conectaram a partir de uma interação entre uma senhora chamada Esperança e uma criança chamada Estela. A criança entregou um terço à senhora, que morreu no ano seguinte, porém relatou a situação vivida aos familiares. Um ano depois, dona Esperança faleceu, e os filhos, como forma de sempre lembrar a mãe, começaram a confeccionar terços e entrega-los aos fiéis nos dias de procissão, e perceberam que a família da garotinha, também fazia o mesmo, porém, de forma distinta.

 

Visita da santinha

Às 18h20, em frente ao Centro de Eventos Benedito Nunes (CEBN), no campus da UFPA, a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré chegou e emocionou muitos passantes no local. Entre elas, Taís Azevedo, estudante da instituição. Quando perguntada sobre a importância do Círio em sua vida, ela não conseguiu conter a emoção e relatou a experiência vivida por ela e sua família, quando sua mãe foi curada de leucemia, “milagrosamente pela Santa”.

A Imagem de Nossa Senhora subiu no palco Intercom, onde foram entoados cânticos marianos, com apoio da Arquidiocese de Belém. A coordenação local e diretoria do Intercom 2019 estiveram no palco, rendendo homenagens à Santa e agradecendo pela presença e proteção dela ao Congresso. Certamente, foi um momento que ficou marcado na mente de todos que presenciaram e puderam sentir, mesmo que em menor escala, a força do Círio de Nazaré e o que ele significa no coração dos paraenses.

 

 

Texto: Lucas Contente

Edição: Felipe Florêncio

Fotos: Aislan de Paula

 

Núcleo de Inovação e Tecnologias Aplicadas a Ensino e Extensão – NITAE2 | Universidade Federal do Pará | Belém-PA.