Ecos da Amazônia

Saiba mais sobre o espaço que vai mostrar um pouco dos empreendimentos sociais e científicos da região que vai sediar o Intercom 2019

O espaço Ecos da Amazônia será uma grande vitrine para que a comunidade possa conhecer microempreendedores e projetos na área de ensino, pesquisa e extensão ligados a sustentabilidade. A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP) da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), em consonância com todas as áreas acadêmicas da Universidade, acredita que essa é uma forma de valorizar a produção e o pensamento científico produzido pelos servidores da casa e por microempreendedores e instituições que valorizam nossa região de forma sustentável e criativa.

Com o tema “Sustentabilidade e Comunicação”, o Ecos da Amazônia será um espaço amplo, acessível e acolhedor a todos os participantes do 42º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Intercom 2019. Os visitantes e congressistas terão a oportunidade de dialogar e conhecer inúmeros projetos de pesquisa e extensão dispostos em estandes e, ainda, participar de oficinas criativas, sorteio de brindes, passeios, adquirir produtos artesanais e degustar os produtos orgânicos produzidos com elementos da floresta.

A ideia com a programação é aproximar o público presente de assuntos diretamente ligados a região amazônica, tais como: sustentabilidade, valoração ambiental, potencial enérgico e biodiversidade, bem como estabelecer parcerias entre pesquisados, alunos e instituições públicas e privadas.

Dentre os projetos e tecnologias sociais de destaque, teremos o projeto “Segurança hídrica e saneamento básico descentralizado por meio de tecnologias sociais na Região Insular de Belém”, que visa a divulgação e promoção de alternativas de saneamento voltadas a populações carentes e ribeirinhas. O mesmo originou as cartilhas: Banheiro Ecológico Ribeirinho: uma alternativa de saneamento para comunidades rurais amazônicas” e “Água da Chuva: vida e saúde que vem dos céus da Amazônia”.

Entre pesquisas e trabalhos que se voltam para o desenvolvimento sustentável da nossa região, o destaque é o projeto “Microorganismos promotores de crescimento de plantas”, que, através do uso de nanotecnologia, prima pela redução de fertilizantes químicos e agrotóxicos.

De cunho educativo, a exposição “Conhecer, conservar, usar e respeitar” demonstra, através de uma maquete de 4m x 1m a floresta nativa, contendo todos os elementos naturais, incluindo o homem na sua forma primitiva, até a retirada total da floresta para construção dos elementos que o homem moderno considera como fundamentais para a sua sobrevivência.

Quando falamos sobre os projetos sociais desenvolvidos em parceria com a comunidade, o projeto “Pescarte” é uma referência por já ter atendido mais de 100 mulheres em sete comunidades, proporcionando a inclusão social e geração de trabalho e renda através do aproveitamento do pescado e confecção de artesanato.

Somado aos projetos, temos 35 produtores e microempreendedores sociais especializados em oferecer serviços e produtos sustentáveis em diversos segmentos: gastronomia, moda, bioenergia, arte, vestuário, dentre outros.

Esses profissionais serão acompanhados por instituições parceiras que visam o uso sustentável da biodiversidade da Amazônia e o estímulo ao cooperativismo, por meio da criação e fortalecimento de ambientes de inovação nas distintas regiões do Estado do Pará.

Dois destaques são importantes: durante o evento, haverá ações para tratamento dos resíduos gerados. Os visitantes poderão adquirir uma ECOBAG para utilizarem durante o evento e todos os resíduos produzidos serão destinados para reciclagem via cooperativas parcerias do Projeto Quem Ama Cuida.

Promoção do Ecos da Amazônia: UFRA e UFPA

Apoiadores e Parceiros: FAEPA, Organização das Cooperativas do Brasil, Programa Amazônia Florescer, Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil, Banco da Amazônia, Projeto Quem Ama Cuida, BioTec Amazônia e INTERCOM.

 

Confira a programação completa do espaço Ecos da Amazônia aqui.

Núcleo de Inovação e Tecnologias Aplicadas a Ensino e Extensão – NITAE2 | Universidade Federal do Pará | Belém-PA.