44 oficinas e minicursos para congressistas de todos os perfis

As matrículas para oficinas e minicursos serão abertas após o encerramento do período de inscrições no congresso, em 8 de agosto.

Estudantes de graduação, profissionais em início de carreira ou experientes, pós-graduandos e pesquisadores sêniores: todos os públicos do 42º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2019) encontrarão uma opção de interesse na programação de oficinas e minicursos do evento.

Realizado de 2 a 7 de setembro de 2019 na Universidade Federal do Pará (UFPA), em Belém, o Intercom 2019 promoverá 44 oficinas e minicursos, selecionados criteriosamente em chamada pública. “Além da adequação técnica e dos conteúdos propostos, a seleção também prezou a diversidade de temas e de ministrantes. Assim, teremos oficinas e minicursos que atendem desde calouros da graduação – interessados seja em pesquisa, seja no mercado – até pesquisadores que desejam se aprofundar em uma temática específica”, explica o professor Weverton Raiol (UFPA), que coordena a programação de oficinas e minicursos ao lado de Sandro Colferai (Unir/Intercom).

“Teremos 24 minicursos e 20 oficinas, ministrados por professores das cinco regiões brasileiras, o que também confere grande diversidade à programação”, afirma Sandro Colferai, que, além de coordenar as oficinas e os minicursos, também é diretor Regional Norte da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom). Ele acrescenta que os ministrantes selecionados são, em sua maioria, doutores, doutorandos e mestres; já os profissionais do mercado têm vasta experiência nos temas abordados em suas oficinas ou minicursos.

Um grande número de oficinas e minicursos se enquadra em um de quatro eixos temáticos: uso de ferramentas digitais para desenvolvimento de pesquisas; uso de dispositivos e plataformas para produção de conteúdo; debates e práticas sobre democracia, cidadania, gênero e etnias; e exercícios e reflexões sobre fotografia, escrita e acessibilidade. Além disso, haverá atividades relacionadas a temas como educomunicação, comunicação científica e fake news, entre outros.

As matrículas para oficinas e minicursos serão abertas após o encerramento do período de inscrições no congresso, em 8 de agosto. Ao todo, serão ofertadas mais de 1.100 vagas. Cada inscrito no Intercom 2019 poderá se matricular em apenas uma oficina ou um minicurso, com certificado de participação. “Mesmo o congressista que não apresentar trabalho durante o congresso terá ótimas oportunidades de aproveitar o evento. Realizar uma oficina ou assistir a um minicurso é uma dessas oportunidades”, afirma Weverton Raiol.

Inscrições até 08/08

As inscrições de ouvintes para o Intercom 2019 seguem até o dia 8 de agosto e as vagas são limitadas. Para mais informações e inscrições, acesse o Portal Intercom.

Além de palestras e minicursos, os congressistas terão a oportunidade de assistir a sessões de apresentação de trabalhos nos Grupos de Pesquisa, Intercom Júnior e Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação (Expocom), e conferir os livros e publicações lançados no Publicom. A programação do congresso inclui, ainda, eventos científicos como o 42º Ciclo de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, o IV Colóquio Latino-americano (Pan Amazônico) de Ciências da Comunicação, o VI Encontro Internacional do Colégio dos Brasilianistas da Comunicação, a Jornada Beltraniana 2019 (Rede Folkcom), o V Fórum Socicom-Intercom, o Fórum Ensicom 2019 (que terá a última audiência pública sobre as Diretrizes Curriculares de Publicidade e Propaganda), o III Fórum de Rádios e TVs Universitárias, o IV Fórum Comunicação e Trabalho, o II Ciclo Amazônia e o IV Colóquio Jornalismo, Resistência e Literatura.

Clique aqui para conferir a programação preliminar do Intercom 2019.

Leia também:

Texto: Jornal Intercom

Núcleo de Inovação e Tecnologias Aplicadas a Ensino e Extensão – NITAE2 | Universidade Federal do Pará | Belém-PA.